Paroles Balas No Peito

Le - Par .

Já nem sabemos falar
Já nem sabemos cuidar
Acho que esta história está a chegar ao fim

Eu sei que era para sempre
Só tu e eu num barco
Mas já não faz sentido
Nem nós temos sentido
Já estão pedras no lago
Não remamos lado a lado
Cada um para o seu umbigo
Sem sequer temos falado
Em silêncio constante
É tão mudo que é gritante
Fica mais evidente
Diz-me o que é que é importante
Já não me vês com os mesmos olhos
Eu pergunto o que é que eu fiz
Tu perguntas-me o que é que eu fiz
E andamos nisto entretanto

Fizemos promessas de mais
Promessas que ainda não cumpri
(Não cumpri)
Ainda tanto por dizer
Mas tu já nem me queres ouvir

Já nem sabemos falar
Já nem sabemos cuidar
Acho que esta história está a chegar ao fim uh uh
Porque eu só te queria amar
Mas só consigo chorar
A pensar como é que ficamos assim

E é isto, quando falamos é ataque
E são balas no peito que nos matam pelo passado
E são costas um ao outro
Discussões deixam-me louco
Eu perdi o foco isto a nós era escusado
E não, é culpa tua é culpa minha
Fartei-me de procurar um culpado para culpar um porquê que não não tem chegado
Nada nos tem chegado
Como é que parou aqui
Como é que ficou assim
Onde é que vamos daqui

Fizemos promessas de mais
Promessas que ainda não cumpri
(Não cumpri)
Ainda tanto por dizer
Mas tu já nem me queres ouvir

Já não sabemos falar
Já não sabemos cuidar
Acho que esta história está a chegar ao fim uh uh
Porque eu só te queria amar
Mas eu só consigo chorar
A pensar como é que ficamos assim

Yeah, yeah
A pensar como é que ficamos assim (ficamos assim)
A pensar como é que ficamos assim
Sem saber se vou saber olhar para mim (Saber olhar para mim)
Será que isto um dia vai chegar o fim

(Basicamente)
(Deixa-me falar contigo)

Nuno Ribeiro, David Carreira